Colégio Santa Clara

Redes

História

Histórico da Congregação das Irmãs Franciscanas de Dillingen,  da Ordem Terceira Regular.

Tudo começou na Alemanha, em uma pequena cidade, Dillingen, situada ao sul da Baviera, à margem esquerda do Rio Danúbio. Ao redor dessa pequena cidade medieval, estenderam-se campos e prados, onde o povo exercia as suas atividades agrícolas e pecuárias. Num contexto de Sociedade Medieval, um pequeno número de mulheres piedosas começou a se agrupar para dedicar-se ao serviço de Deus.

1241

O Conde Hartmann IV de Dillingen e o seu filho, Bispo de Augsburgo, doaram à comunidade das Irmãs uma casa, nas proximidades da Igreja Paroquial.

1245 

Fundação da Congregação por um grupo de jovens alemães, tendo como norma de vida a Regra de São Francisco de Assis. Pelo Bispo de Augsburgo foi concedida às Irmãs, a Regra da Ordem Terceira de São Francisco de Assis e nesse espírito elas encontraram o verdadeiro objetivo de sua consagração.

1774

O Bispo Príncipe Clemente Wenzeslaus dirigiu às Irmãs Franciscanas o pedido para assumirem uma escola. A partir dessa época, elas se colocaram a serviço do ensino e da educação das meninas nas escolas oficiais do Estado da Baviera na Alemanha.

1913

A Congregação se expandiu para além-mar, começando nos Estados Unidos da América do Norte.

 

Chegada ao Brasil

1937

Na Alemanha, as professoras religiosas foram bruscamente afastadas do setor educacional pelo movimento nazista. Partiram para a América do Sul, chegando ao Brasil, onde reiniciaram as suas atividades no campo educacional, nas cidades de Cabo Frio e Rio Bonito/ RJ. As Irmãs pioneiras assumiram a atividade escolar primária, orientação de um pequeno orfanato, já existente, e catequese paroquial.

Com o tempo, esta preciosa semente regada pelo suor e dedicação de nossas Irmãs pioneiras e de tantas outras religiosas que, ao longo do tempo, foram abraçando a vocação das Franciscanas de Dillingen, espalhou seus frutos.

Escolas, creches, orfanatos, asilos, apoio a povos indígenas, trabalhos pastorais, sociais, etc. por várias cidades do Sul e Sudeste do Brasil.

O mesmo processo aconteceu com outro grupo de Franciscanas de Dillingen, que na mesma época se dirigiu ao Nordeste do Brasil.

 

Chegada em Urubici 

1955

As primeiras Franciscanas de Dillingen, Irmã Christolda, Ir. Eveline, Ir. Willigs e Ir. Udalrika chegaram ao Hospital São José/Urubici e iniciaram um trabalho bem franciscano: cuidar dos doentes e evangelizar.

Estradas precárias, ausência de luz elétrica e automóveis, foram desafios enfrentados pelas Irmãs e pelos moradores deste lugarejo –  descendentes de alemães, italianos, portugueses, espanhóis, letões, indígenas e afro descendentes.

Nasce uma escola 

Ir. Christolda Hubler, motivada pela chegada de muitas jovens que queriam entrar na Congregação, em 1956 começou a arrecadar fundos para a construção de um prédio, que pudesse servir de casa de formação para as jovens candidatas à vida religiosa e abrigasse, ao mesmo tempo, um Curso de Educação para o Lar/ Escola Doméstica.

Incentivada e apoiada pelo então prefeito Sr. Natalino Zilli, Ir. Christolda deu início à construção do Colégio em, 16/01/1960.

Propriedade das Franciscanas de Dillingen, o Colégio Santa Clara foi inaugurado em 17 de outubro de 1961.

Em 22 de janeiro de 1962, Dom Daniel Hostin, Bispo de Lages, presidiu a missa de inauguração do Colégio.

O Colégio iniciou suas atividades pedagógicas em 02 de março de 1962, com 82 crianças e 18 alunas para a Escola Doméstica.

Em 1963, as Irmãs receberam permissão da Coordenação Provincial para comprar a casa onde hoje funciona o Jardim de Infância.

Em 1965 a Secretaria de Educação de Santa Catarina concedeu à nossa escola licença para abrir o Curso Normal para formação de professores primários.

Em 1966, Ir. Christolda Hubler foi transferida para Ipumirim, SC e Ir. Gertrudes veio substituí-la na direção do Colégio. Neste mesmo ano, por falta de professores formados para as escolas primárias de Urubici e arredores, Ir. Gertrudes implantou o Curso Normal.  A aula inaugural foi em 1º de março de 1966 com um grupo de 30 entusiasmadas e alegres normalistas.Em 13/12/1968 o CSC entregou à comunidade de Urubici a primeira turma de professoras formadas em nossa escola.

Em 1967, o Juvenato, que desde 1955 acolhia jovens que se preparavam para a Vida Consagrada, foi transferido do Hospital São José para o Colégio Santa Clara. Cumpre lembrar que Urubici foi no passado um grande celeiro de vocações à vida religiosa e sacerdotal.

Em 1967, um ano antes da chegada da energia elétrica em Urubici, foram criadas as quatro primeiras séries do então Curso Primário e posteriormente foram acrescentadas turmas de 5ª a 8ª série.

A excelente atuação educacional do Colégio fez com que os pais insistissem na abertura de um Jardim de Infância. Desta forma em 1970, 50 crianças iniciaram sua vida pré-escolar em nossa escola.

Em 1971 anexo ao Colégio, foi construído o Jardim de Infância Branca de Neve, no qual um grande número de crianças iniciou e continua iniciando sua caminhada escolar na busca do ser, do saber e do conviver.

O ano de 1971 foi marcado por três fatos importantes: a criação da “Associação de Pais e Professores do Colégio Santa Clara”, tendo como seu primeiro presidente o senhor Eriovaldo de Souza.

O outro fato relevante foi funcionamento de duas turmas de Mobral em nossa escola.

E o terceiro acontecimento de realce deste ano foi o início da construção do antigo salão de eventos, biblioteca, duas salas de aula e banheiros, no local onde hoje se encontra o Centro Cultural Esportivo Paz Bem.

Em julho de 1975, Ir. Gertrudes foi eleita Conselheira Geral e foi exercer suas atividades em Roma, sendo então constituída diretora Jovelina Maioli (Ir. Josefina).

Em 1977, Maria Leonidas Semiano (Ir. Beatriz) veio de Duque de Caxias/RJ para assumir a direção do Colégio Santa Clara.

Em 1978, Ir. Beatriz Semiano ampliou as atividades educativas do Santa Clara, criando o Curso Técnico de Contabilidade. Em 1980 tendo, a maioria dos alunos, optado pelo curso de Contabilidade, foi suspenso o Curso de Magistério.

Em 1983 foi inaugurado o laboratório de Ciências, doado ao Colégio pela Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina.

Em 1984 Ir. Beatriz foi eleita Superiora Provincial e foi prestar seus serviços à Província em Duque de Caxias, RJ.  No ano seguinte, Dozolina Borguezan (Ir. Francisca) que já trabalhava no Colégio Santa Clara  assumiu a direção do mesmo.

Em 1986 a direção do Colégio passou para Esmeralda Teresinha Ornelas (Ir. Angélica Ornelas). Por motivos de saúde ela deixou a direção no ano seguinte, a qual foi reassumida por Dozolina Borguezam  (Ir.Francisca).

Em 1987 tentando melhorar o ambiente do Colégio, foi feita a cobertura da quadra de esportes. Em outubro deste mesmo ano o Colégio comemorou, em grande estilo, seus 25 anos de serviço à educação urubiciense.

Em 1997 o colégio reabriu o Curso de Magistério (Antigo Normal) formando sua última turma de professores em 1999.

Em 13/09/1998, para tristeza de todos, um forte vendaval derrubou a cobertura da quadra aberta de esportes.

Em dezembro de 1998 – Irmã Fabíola e Irmã Francisca foram transferidas para o Colégio Santa Maria em São João de Meriti, RJ, sendo que, no ano seguinte, a direção foi assumida, por Ir. Jula ( Chiolástica Bach).

Nova decepção em 21-06-1999: a segunda cobertura da quadra aberta de esportes veio abaixo devido à falhas na elaboração e execução do projeto.

Em meados de 1999, por questões de saúde, Ir. Chiolástica deixou a direção do Santa Clara, que foi assumida em conjunto, para terminar o ano escolar, por Ir.Valdina Semiano  ( Ir. Valda) e Maria Della Justina (Ir. Nicácia).

Em 2000, Adairva Schmitz (Ir. Aparecida) assumiu a direção do Colégio e abriu espaço para o curso de Ensino Médio, o qual perdura até hoje juntamente com a Educação Infantil e o Ensino Fundamental I e II.

Em 2001 com a saída de Adairva Schmitz, ainda no 1º semestre, a pedido do Consultor José Zinder, a Srª. Marlene da Silva Costa assumiu a direção, deixando a mesma em novembro de 2002.

Em 2003 Maria Della Justina (Ir.Nicácia) exerceu a direção, com a ajuda do auditor Mário Portela Neto.

Nos anos 2004 e 2005 a direção do CSC foi exercida com dedicação por Ir. Genesi Alves Braga, que por motivo de saúde voltou a Duque de Caxias, RJ em dezembro de 2005, vindo a falecer no dia 14 de maio de 2010.

Em 2005 o Hospital e o Colégio, juntamente com toda comunidade urubiciense, celebraram com gratidão e carinho os 50 anos de presença e atuação das Franciscanas de Dillingen em Urubici.

Em 2006, Maria Leonidas Semiano (Ir. Beatriz), depois de longos anos, voltou a assumir a direção do Colégio Santa Clara. Neste ano foram celebrados os 45 anos do CSC com um grande encontro e confraternização de ex-alunos, alunos, pais e professores.

Em 2007, nossa escola celebrou com grande entusiasmo os 70 anos de presença e atuação das Irmãs Franciscanas de Dillingen pelo Brasil afora.

Em 17-06-2007 teve início a realização de um grande sonho: a construção do Centro Cultural Esportivo Paz e Bem (CCEPB). Depois de um ano e meio de grande expectativa e, graças à ajuda da Associação Franciscana da Divina Providência, pode-se em 18-10-2008, completar o sonho da direção, professores, funcionários, alunos e pais do CSC, com a inauguração do CCEPB.

Em 2012, Maria Leonidas Semiano (Ir. Beatriz) eleita Conselheira Geral, foi juntar-se à equipe de Coordenação Geral da Congregação em Dillingen, na Alemanha.

Sob a direção de Maria Luiza de Souza (Ir. Helena) o Colégio Santa Clara comemorou, com louvor, seus 50 anos de existência. Muitos foram os ex-professores, funcionários, alunos e religiosas que, emocionados participaram das festividades.

Em 2013, o Colégio Santa Clara, sob a direção de Ir. Mirian Evangelista das Graças, persevera na sua missão de preparar crianças e adolescentes para o saber, o ser e o conviver, criando uma cultura de Paz e Bem!

Destaques

Ultimas Notícias

Comunicados

Endereço

Rua Boanerges Pereira de Medeiros, 1167
Santa Catarina, Brasil
CEP: 88650-000 ‎
Tel.: (49) 3278-4126
Fax: (49) 3278-4095

Como Chegar

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos